Google Translator - choose your language

20 de novembro de 2010

sopeira - Cerâmica Conrado Bonádio



sopeira
Cerâmica Conrado Bonádio
louça de pó de pedra
decoração com decalques e filetes em ouro
circa déc. 1950
coleção site Porcelana Brasil

14 de novembro de 2010

Jessica Harrison



Bibelôs de porcelana são objetos de decoração delicados e às vezes cafonas, facilmente encontrados nas casas de tias e avós. Sendo assim, quem relacionaria enfeites tão doces com morte, sangue, órgãos internos e anomalias?

O nome dela é Jessica Harrison, uma artista britânica que subverte a delicadeza dos tradicionais bibelôs, transformando-os em peças macabras. Os enfeites retratam cenas de horror, protagonizadas pelas belas garotas que tradicionalmente dão vida às esculturas de porcelana.

São graciosas mulheres, de vestidos longos e rodados, arrancando a própria cabeça ou os olhos, cortando o pescoço ou segurando o cérebro nas mãos. Em algumas peças, elas assumem diferentes formas, como uma cabeça de peixe ou de uma caveira.

O trabalho chocapode chocar alguns, mas é impossível não louvar a maestria técnica da artista. Os pequenos objetos em porcelana são trabalhados minunciosamente pela artista.










8 de novembro de 2010

as "novas" antiguidades

Infelizmente mais uma vez escrevo um post com o objetivo de alertar os seguidores deste blog sobre outra prática errada e enganadora de certos vendedores em sites de leilão, como o Mercado Livre.

Estes vendedores estão anunciando como "pratos antigos decorativos" peças ABSOLUTAMENTE NOVAS, quase sempre decoradas pela Porcelana D&D (fábrica fundada em 2000, e ainda em atividade). Algumas destas peças até levam decalques mais antigos, pois a D&D herdou parte do acervo da Porcelanas Pátria, mas a maioria das peças leva decalques absolutamente novos, que reproduzem temas antigos.

Organizei um "mix" de fotos deste tipo de peça, de vários anúncios atuais de vendedores diversos do Mercado Livre, com o objetivo de ajudar aos leitores deste post a reconhecer este tipo de peça "nova" antiga:



Que fique bem claro: não estou condenando ou culpando a D&D nem o Mercado Livre!

A Porcelana D&D produz suas peças de forma legítima e legalizada, e não as vende de forma alguma, até onde eu saiba, como antiguidades. Eles até possuem uma barraca na feira de usados, antiguidades, colecionáveis e artesanato da praça Benedito Calixto, em SP, mas eu mesmo estive nesta barraca, e não havia nada que pudesse dizer que a D&D vendia sua produção como "antiguidades".

Como sempre, já avisei várias vezes a estes vendedores que estas peças são novas, pois mesmo eles poderiam ter achado que por as terem comprado numa feira de usados e antiguidades, seriam antigas. Mas a atitude de certos vendedores das peças em questão foi simplesmente ignorar meus avisos. Isso prova que não é apenas uma falta de informação, mas sim uma atitude propositalmente errada, com o objetivo de iludir o comprador desavisado. Já ouve um vendedor que até me enviou um email ameaçador, onde afirmou com todas as letras: "Se estou certo ou errado o problema é meu, a mercadoria é minha"

O Mercado Livre é apenas um canal de vendas; se os vendedores praticam atitudes condenáveis ou legítimas, não é culpa do site. Mas que se faça uma ressalva: eu por DIVERSAS vezes já informei ao Mercado Livre sobre esta prática de alguns vendedores, que anunciam produtos absolutamente novos, como se fossem "antigos".

Uma última ressalva necessária: há vários outros vendedores anunciando no Mercado Livre, na seção de antiguidades, peças D&D, mas estes não informam que são peças "antigas". A maioria apenas não diz nada, apenas coloca o anúncio, alguns informam em seus anúncios "NÃO É ANTIGA" ou "NÃO É PEÇA ANTIGA". Embora eu ache errado colocar peças novinhas em folha na seção de antiguidades, pois mesmo avisando ou não, o comprador menos atento pode acabar comprando uma peça nova acreditando que levou uma antiguidade, Estes vendedores não estão propositalmente enganando ninguém.

E acima de tudo, vale a velha regra! O comprador do mercado de antiguidades precisa se informar, estudar, estar atento, perguntar, pois no final das contas, o que os vendedores querem é o seu dinheiro. E quem fica com uma peça antiga falsa é você, comprador e colecionador. Então, PREVINA-SE!

2 de novembro de 2010

prato raso - Fábrica de Louças Santa Catharina



prato raso
Fábrica de Louças Santa Catharina
São Paulo - SPlouça de pó de pedra
decoração com carimbos e detalhes à mão livre
setembro 1929 / agosto 1931

ânfora - Fábrica de Louças Santa Catharina



ânfora
Fábrica de Louças Santa Catharina
São Paulo - SP
louça de pó de pedra
decoração com relevo moldado
setembro 1929/ agosto 1931
cortesia coleção Washington Marcondes

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...