Google Translator - choose your language

26 de dezembro de 2010

no blog vizinho... Azulejos portugueses antigos no Rio de Janeiro

Há poucos dias o sempre bem informado LuisY, do blog "Velharias" fez um ótimo post chamado 'Ainda os azulejos "Bicha da praça" da Viúva Lamego: da Mouraria ao Rio de Janeiro' com algumas fotos de azulejos portugueses antigos no Rio de Janeiro que eu disponibilizei em um álbum público. LuisY fez uma vertiginosa viagem do Rio de Janeiro até os islâmicos, passando pela idade média portuguesa. Quem conhece seu blog sabe que seus posts são sempre muito ricos culturalmente, mesmo os mais breves.



Toda essa viagem começou no post 'Azulejos Viúva Lamego: bicha da praça ou aventuras nos contentores das obras', onde ele contou a história (seria melhor dizer AVENTURA) de uma recente aquisição de um lote de azulejos antigos, que terminou por ser um grande sucesso de comentários e participações dos seus visitantes.

Recomendo que vocês conheçam não apenas estes dois posts, mais TODO o blog, pois tenho certeza que vão sair mais ricos, e talvez como eu, com a sensação que ainda há pelo vasto mundo pessoas que se interessam por coisas mais interessantes e importantes do que o próximo elenco do 'Big Brother', ou as fofocas fabricadas pelos acessores de imprensa dos atores e esportistas em evidência (ou que querem estar em evidência).

Malgas (3a. parte)

Aqui está a parte final da série sobre as malgas fabricadas no Brasil.
Se você perdeu as duas partes anteriores, clique aqui para acessar a parte 1, ou clique aqui para acessar a parte 2.


malga grande
Fábrica de Louça de Pó de Pedra Angelo Rizzi & Irmão | Pedreira - SP
louça de pó de pedra | decoração à mão livre
1914+
coleção Washington Marcondes




malga grande
Fábrica de Louças Santo Eugênio | São José dos Campos - SP
louça de pó de pedra | decoração com estanhola
1923+




malga diminuta, de consumo individual
Fábrica de Louças Santo Eugênio | São José dos Campos - SP
louça de pó de pedra | decoração com aerógrafo e filete
1923+
coleção Porcelana Brasil



malga pequena, de consumo individual
Fábrica de Louças Santo Eugênio | São José dos Campos - SP
louça de pó de pedra | decoração com estanhola
1923+
coleção Washington Marcondes




malga grande
Fábrica de Louças Santa Helena | Mauá - SP
louça de pó de pedra | decoração com estanhola
1952+
coleção Washington Marcondes




malga média
Fábrica de Louças Santa Helena | Mauá - SP
louça de pó de pedra | decoração com estanhola
1952+
coleção Washington Marcondes




malga pequena, de consumo individual
Manufatura Brasileira de Louças | São Caetano do Sul - SP
louça de pó de pedra | decoração com estanhola e filetes
1947/1952
coleção Museu Histórico de São Caetano do Sul




malga grande
Fábrica de Louças Adelinas | São Caetano do Sul - SP
louça de pó de pedra | decoração com estanhola e filetes
circa 1929
coleção Washington Marcondes




malga grande
Fábrica de Louças Adelinas | São Caetano do Sul - SP
louça de pó de pedra | decoração à mão livre
circa 1930
coleção Museu Histórico de São Caetano do Sul




malga grande
Fábrica de Louças Adelinas | São Caetano do Sul - SP
louça de pó de pedra | decoração com estanhola e filetes
1933/1937




malga grande
Fábrica de Louças Adelinas | São Caetano do Sul - SP
louça de pó de pedra | decoração com estanhola e filetes
1933/1937




malga pequena
Cerâmica Mauá | Mauá - SP
louça de pó de pedra | decoração com estampa (carimbo)
déc. 1960




malga pequena
Cerâmica Mauá | Mauá - SP
louça de pó de pedra | decoração com estampa (carimbo)
déc. 1960
coleção Washington Marcondes




malga grande
Cerâmica Mauá | Mauá - SP
louça de pó de pedra | decoração com estanhola
datação desconhecida (sem foto da marca)
coleção Maria Bernardete da Silva




malgas diminutas, de consumo individual
Cerâmica Mauá | Mauá - SP
louça de pó de pedra | decoração com estanhola
déc. 1950
coleção Porcelana Brasil




tamanho desconhecido
Cerâmica Iguassú | Campo Largo - PR
louça de pó de pedra | decoração com estanhola e filete
? 1943/1963+
coleção Fabiano Lopes de Paula




malga pequena
Fábrica de Louças Luso | Mauá - SP
louça de pó de pedra | decoração com estanhola
1926/1953|54
coleção Washington Marcondes




malga pequena
Cerâmica Santa Helena | Mauá - SP
louça de pó de pedra | decoração com estanhola
1952+
coleção Washington Marcondes

22 de dezembro de 2010

Malgas (2a. parte)

Este post é continuação de um anterior, "Malgas (1a. parte)". Se você o perdeu, acesse aqui para vê-lo.

Eu pensei que com 2 postagens eu conseguiria fazer um panorama da produção de malgas no Brasil na primeira metade do séc. XX, mas quando estava separando as imagens para este segundo post, mal havia começado já havia 15 fotos! Então achei melhor parar, e aceitar que haverá um terceiro post. Aqui serão mostradas 10 destas malgas.

Mais uma vez peço perdão pela (falta de) qualidade das fotos que foram obtidas em sites de leilão. Vamos às malgas:



malga grande
Marca ilegível | provavelmente do estado de SP
louça de pó de pedra | decoração à mão livre
coleção Fabiano Lopes de Paula




malgas pequenas, de consumo individual
laterais:
Fábrica de Louças Santa Carolina | Mogi das Cruzes - SP
louça de pó de pedra | decoração com estanhola
1925 / ?
centro:
João Evaristo Trevisan & Cia. Ltda. | Curitiba - PR
louça de pó de pedra | decoração com estanhola
? 1945 / 1974+




malga pequena, de consumo individual
Pryor & Cia. - Fábrica de Louça Santa Cruz | Taubaté - SP
louça de pó de pedra | decoração com filetes
? 1926 / 1938
coleção Luís Cláudio Antunes




malga grande
Fábrica de Louças Santa Catharina | São Paulo - SP
louça de pó de pedra | decoração à mão livre
1921+
coleção Washington Marcondes




malga grande
Fábrica de Louças Santa Catharina | São Paulo - SP
louça de pó de pedra | decoração à mão livre
? c. 1915 /1921 ?
coleção Washington Marcondes




malga grande
Cerâmica Santa Terezinha | São Bento do Sul - SC
louça de pó de pedra | decoração com estanhola
? 1941 / 1953
coleção Museu da Oxford S/A




malga grande
Cerâmica Santa Terezinha | São Bento do Sul - SC
louça de pó de pedra | decoração com estanhola
? 1941 / 1953
coleção Museu da Oxford S/A




malga média
Cerâmica Santa Terezinha | São Bento do Sul - SC
louça de pó de pedra | decoração à mão livre
? 1941 / 1953
coleção Museu da Oxford S/A




malga grande
Cerâmica Santa Terezinha | São Bento do Sul - SC
louça de pó de pedra | decoração com estanhola
? 1941 / 1953
coleção Museu da Oxford S/A




malga grande
Fábrica de Louças Cruzeiro | Campo Largo - PR
louça de pó de pedra | decoração com estanhola
1939 / 1954

21 de dezembro de 2010

Destaque




vaso
21(h) cm
E. Filippini & Cia. Ltda.
porcelana
decoração com verniz colorido, decalques e detalhes em ouro


Esta peça eu já analisei pessoalmente e posso garantir que está PERFEITA, e é belíssima! E da marca Filippini até hoje eu só encontrei 2 peças, sendo uma delas esta em destaque.

à venda no Mercado Livre:
http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-167904579-lindissimo-vaso-porcelana-decorada-filippini-ref1961-_JM

16 de dezembro de 2010

travessas e saladeira - Fábrica de Louças Santa Carolina

saladeira e travessas Santa Carolina











travessas e saladeira
Fábrica de Louças Santa Carolina
Mogi das Cruzes - SP
louça de pó de pedra
decoração com decalques e filetes em verniz azul
1925+

Este modelo de jogo de jantar é reprodução de um modelo da J&G Meakin Inglesa.

ânfora - Fábrica de Louça Santa Cruz



ânfora
Fábrica de Louça Santa Cruz (Pryor & Cia)
louça de pó de pedra
decoração pintada à mão livre com acabamento em ouro
déc. 1950 (provável)
cortesia coleção Felicio Cyrino (foto de Felicio Cyrino)

bules incríveis




bules de chá
fabricação: Indústria de Louças Zappi
material: louça de pó de pedra
decoração com decalques, pintura à mão livre e filetes em ouro
circa déc. 1950



bule de chá
fabricação: Porcelana Condessa
material: porcelana
decoração: verniz lustre, decalques e detalhes em ouro
datação: década 1960
cortesia coleção FÁBIO CARVALHO - RJ



bule de chá
fabricação: RR (Fábrica de Louças Romeo Ranzini)
material: louça de pó-de-pedra
decoração: pintura à mão livre
datação: 1931/1946
cortesia coleção FÁBIO CARVALHO - RJ
doação WASHINGTON MARCONDES - SP



bule de chá
fabricação: Indústria de Louças Ângelo Rizzi
material: louça de pó de pedra
decoração com decalques e filetes em verniz azul
1934+



bule de chá
Fábrica de Cerâmica Porto Alegrense
louça de pó de pedra
decoração com uso de estanhola e aerógrafo
déc. 1920/1930
coleção site Porcelana Brasil



jarra grande com tampa (35 cm de altura)
Cerâmica Campo Largo
louça de pó de pedra
decoração com aerógrafo e decalques
circa déc. 1950
cortesia Eucília Soares

14 de dezembro de 2010

Malgas (1a. parte)


malga média, de consumo individual
Fábrica de Louças Santa Catharina São Paulo - SP
louça de pó de pedra decoração à mão livre
1912+
coleção site Porcelana Brasil



Há nas formas de louça cerâmica uma que eu tenho imensa simpatia: a MALGA. Aqui no Brasil este termo não é muito utilizado, sendo que quase todas as pessoas usam o termo mais abrangente TIGELA para definir esta peça. Mesmo assim, prefiro usar o termo MALGA, pois além de ser um termo consagrada na Arqueologia Histórica brasileira, ele individualiza esta "tigela" em particular de tantos outros formatos que conhecemos por este nome.

A razão do meu interesse particular por esta peça é que ela sempre foi associada ao consumo popular, e também por ser um formato muito "primitivo", sem grandes sofisticações de design. Talvez seja uma das formas mais próximas às cabaças e cuias feitas com cascas de frutas e sementes pelos povos primitivos, antes destes descobrirem a cerâmica.



malga
Fábrica Saramenha Saramenha - MG
cerâmica decoração à mão livre
séc. XIX
coleção Paulo Vasconcelos, SP.
fonte: Arte Cerâmica no Brasil, de Pietro Maria Bardi, Ed. Banco Sudameris Brasil S.A., 1980.


Uma outra razão é que até eu começar a me interessar pela pesquisa de louças no Brasil, eu desconhecia este formato. Só me lembro de ter visto uma malga pela primeira vez, este "tigela" com pé, justamente quando comecei a ler bibliografia específica sobre cerâmica antiga.

E a provável razão disto é que no Brasil a malga está associada às fábricas cerâmicas pioneiras, que se instalaram no Paraná e São Paulo, quase sempre fundadas por imigrantes italianos. E estas peças eram fabricadas justamente para estes imigrantes, que tinham na malga uma peça muito versátil, pois na mesma malga onde se toma sopa, se bebe café com leite ou se faz a barba. O operário pobre italiano, por exemplo, parece ter sido um grande consumidor das malgas no período, segundo algumas fontes escritas, como relatos de viajante, e fontes iconográficas. Usavam-na
para os mais variados fins, já que seu design colabora para inseri-las nos mais diversos contextos de uso.



malga média, de consumo individual
Fábrica de Louças São Zacarias Colombo - PR
louça de pó de pedra sem decoração
1902/1909
coleção site Porcelana Brasil



Já aqui no Rio de Janeiro, que foi a capital do país até 1960, o que reinava era a louça mais sofisticada, importada. E a louça de produção nacional, mesmo quando esta ainda era vista apenas para consumo pelas pessoas menos endinheiradas, o formato inexistia, muito provavelmente pois não havia um mercado consumidor acostumado com esta peça.

Hoje em dia é muito incomum encontrar-se malgas em feiras de usados, brechós e antiquários cariocas. Quando aparecem, geralmente são em formato grande, que eram usadas como peça de apoio na cozinha para preparação de alimentos. Além disso, estas malgas normalmente apresentam decoração mais caprichada.

Já em feiras de São Paulo as malgas são bastante comuns, em diversos tamanhos (consta na bibliografia que existiram 13 tamanhos de malgas em produção no Brasil), e não é incomum que a decoração seja inexistente, ou bastante simples.

Atualização em 31/12/2010:
Conforme bem me lembrou a Ivete Ferreira em um comentário neste post, a origem da palavra "malga" provavelmente está ligada aos oleiros de Málaga (Espanha) que em meados do século XVI foram para Portugal trabalhar e ensinar o seu ofício.
Os tradicionais oleiros de portugal fabricavam telhas e ladrilhos de barro vermelho; os espanhóis de Málaga, que fabricavam louça e ladrinho de argila branca (faiança), ficaram conhecidos como "malegueiros".



Malga em faiança de bordo afilado e base de pé anelar com decoração floral a azul. Fabricação não identificado. Possivelmente, Lisboa, segunda metade do século XVIII. Encontrada em escavações no Largo Vitorino Damásio, Lisboa, 2003.
fonte: http://www.igespar.pt/media/uploads/revistaportuguesadearqueologia/9_2/4/19-p.369-400.pdf


A produção dos malegueiros tinha como diferencial da olaria tradicional em terracota, além do uso da argila branca, rica em caulim, queimarem suas peças duas vezes: uma para a aplicação do vidrado, e a segunda para a pintura sobre o vidrado, que é basicamente a técnica que se usa até hoje na produção de louça de faiança fina ou porcelana, sendo que às vezes há 3 ou até mesmo 4 queimas, dependendo da complexidade da decoração.



Atualização em 05/01/2011:
Ivete Ferreira, leitora de Portugal, muito generosamente me enviou fotos de belíssimas malgas antigas de sua coleção, produzidas, segunda a Ivete, no norte daquele país. Eu selecionei as duas abaixo, por terem maior relação com as peças brasileiras apresentadas neste post:


Diãmetro: 24,5 cm; Altura: 13 cm, pintada à mão livre em rica policromia


Diâmetro: 26,5 cm; Altura: 14 cm, decorada com o uso de estanhola



Então, vamos agora às malgas brasileiras!


malga
Fábrica de Louças Evaristo Baggio Curitiba - PR
louça de pó de pedra decoração com estanhola
-1944/1958+



malga grande
Fábrica de Louças Santa Catharina São Paulo - SP
louça de pó de pedra decoração à mão livre
1921+
coleção Washington Marcondes



malga média, de consumo individual
Fábrica de Louças Santa Catharina São Paulo - SP
louça de pó de pedra decoração com filetes
1921+
coleção site Porcelana Brasil




malga média
C. S. E. Mauá localização desconhecida, provavelmente Mauá - SP
louça de pó de pedra decoração com estanhola
datação desconhecida
coleção Washington Marcondes




malga diminuta, do tamanho de uma xícara de café
Fábrica de Louças M.B.L. São Caetano do Sul - SP
louça de pó de pedra decoração com estanhola
1947/1952
coleção site Porcelana Brasil




malga grande
Cia. Paulista de Louças Céramus São Paulo - SP
louça de pó de pedra decoração com estanhola
1938+




malga bastante pequena, do tamanho de uma xícara de chá
Louças Cláudia - Cerâmica Matarazzo São Caetano do Sul - SP
louça de pó de pedra sem decoração
circa 1935/déc. 1940
coleção site Porcelana Brasil



malga pequena, de consumo individual
Cerâmica Mauá Mauá - SP
louça de pó de pedra decoração com filetes
c. déc. 1950
coleção site Porcelana Brasil




malga média
Cerâmica Itabrasil S ão Caetano do Sul - SP
louça de pó de pedra decoração com decalques e detalhes em ouro
1945/1951+
coleção Washington Marcondes



malga grande
Cia. Paulista de Louças Céramus São Paulo - SP
louça de pó de pedra decoração com estanhola
1938+
coleção Washington Marcondes




malga grande
Cia. Paulista de Louças Céramus S ão Paulo - SP
louça de pó de pedra decoração à mão livre
1933/1938




malga grande
Cerâmica Aurora Campo Largo - PR
louça de pó de pedra decoração com estanhola
1944/1964+




malga grande
Fábrica de Louças Santa Carolina Mogy das Cruzes - SP
louça de pó de pedra decoração com estanhola
circa 1943
coleção Washington Marcondes




malga grande
Fábrica de Louça de Pó de Pedra A.R. & I. Pedreira - SP
louça de pó de pedra decoração com estanhola
1925+
coleção Washington Marcondes



malga grande
Fábrica de Louças Santa Cruz Taubaté - SP
louça de pó de pedra sem decoração
? 1951 / 1969
coleção site Porcelana Brasil




malga grande
Cia. Paulista de Louças Céramus São Paulo - SP
louça de pó de pedra decoração com estanhola
1933/1938
coleção Washington Marcondes



malga grande
Fábrica de Louças Paulista Mauá - SP
louça de pó de pedra decoração com estampagem e detalhes complementares à mão livre
1933/1937
coleção site Porcelana Brasil




malga grande
Cerâmica Mauá Mauá - SP
louça de pó de pedra decoração com decalques e aerógrafo
c. déc. 1950
coleção site Porcelana Brasil




malga média, de consumo individual
Fábrica de Louças Luso Mauá - SP
louça de pó de pedra decoração com estanhola
1926/1953
coleção site Porcelana Brasil

malga média, Luso



malga pequena, do tamanho de uma xícara de chá
Fábrica de Louças Luso Mauá - SP
louça de pó de pedra decoração com estanhola
1926/1953
coleção site Porcelana Brasil




malga diminuta, do tamanho de uma xícara de café
Fábrica de Louças Santo Eugênio São José dos Campos - SP
louça de pó de pedra decoração com estanhola
1938/1957
coleção site Porcelana Brasil

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...