Google Translator - choose your language

4 de setembro de 2008

Família descobre vestígios históricos no quintal de casa


Descoberta foi feita acidentalmente, por causa dos cuidados com uma horta.
Área corresponde ao antigo Quilombo do Jabaquara, em Santos, litoral de SP.

http://g1.globo.com/Noticias/SaoPaulo/0,,MUL737625-5605,00.html

Uma família de Santos, a 72 km da capital, descobriu acidentalmente, no quintal de casa, peças que podem ser consideradas vestígios históricos. A cabeleireira Claudia Teixeira de Oliveira havia pedido a seu marido Cláudio que plantasse uma horta, e assim encontraram os itens.



"Eu estava pegando um pouco de terra para fazer uma plantação e aí foi que eu encontre uns fragmentos de ossos", conta Cláudio. De acordo com o casal, que vive no bairro do Jabaquara com seus três filhos, há quatro meses já haviam sido encontrados pedaços de louças e utensílios domésticos, mas só na última sexta-feira (23), quando encontraram uma mandíbula humana, entraram em contato com o museu arqueológico da cidade.

Carla guardou durante esse período as peças de louça e fragmentos de ossos de animais. "Liguei para o museu e os rapazes disseram que ia vir o arqueólogo e o historiador. Eles vieram e disseram que realmente fazia parte da história de Santos."



Segundo o historiador Valdir Rueda, a área que hoje é o bairro do Jabaquara, foi lugar do antigo Quilombo do Jabaquara entre 1.871 e 1888, e pertencia ao abolicionista Quintino de Lacerda. "A probabilidade de encontrar material nessa região é muito grande, por isso fizemos o mapa arqueológico de Santos. Agora não vai nos surpreender o encontro de todo tipo de material."



Os achados foram catalogados e fazem parte agora do acervo do Centro Regional de Pesquisas Arqueológicas. "São artefatos de diferentes épocas, feitos de diferentes formas, cores e fábricas. Isso mostra que realmente aquele local foi habitado por sociedades diferentes", afirma o arqueólogo Manoel Gonzalez.



A horta de Carla vai ter que esperar um pouco mais. Os pesquisadores farão escavações no terreno e esperam novas descobertas. "Eu fiquei mesmo feliz de saber que a gente estava morando em cima de uma coisa tão importante. Tem que ter um museu na cidade, tem que ter as peças. Senão, como é que vai contar a história se não tiver as peças?", diz ela.

Um comentário:

  1. Quando eu era criança, cavoucava os canteiros do quintal onde morava procurando um tesouro enterrado, mas nunca achei nadinha. Aliás, achei, sim, um fragmento de pires, mas não era nada de especial... nem antigo...

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...