Google Translator - choose your language

6 de janeiro de 2011

A majestade das sopeiras - E.B.

Mais uma sopeira em miniatura, de brinquedo para crianças, desta vez da Fábrica de Louças E.B.. Também como no caso da Campo Largo, até hoje vi pouquíssimas peças desta outra fábrica do estado do Paraná.




Abaixo uma foto (muito ruim, infelizmente, pois estavam dentro de uma vitrine fechada) de outra sopeira minuatura como a anterior, junto com outras peças do jogo de brinquedo.




O que eu acho mais bacana é que apesar de muito pequena, a peça é cheia de detalhes, como por exemplo, as abas em esponjado, e apenas a metade inferior do corpo da sopeira em relevo canelado.

6 comentários:

  1. Anônimo7/1/11 07:06

    Caro Fábio
    Nos inícios do anos 60, quando era eu uma criança de 5, 6 amos era frequente oferecerem-se às meninas serviços miniaturas em loiça.Só recebi servicinhos de chá! :)De jantar como estes não conhecia.Os brinquedos da última foto, são realmente muito bonitos.
    Abraços
    Maria Paula

    ResponderExcluir
  2. Olá Maria Paula
    Minha mãe quando criança, na década de 1940 teve um jogo de chá de louça de brinquedo também. Por aqui, na década de 1960, os brinquedos eram quase todos de metal (a maioria) ou plástico.
    Este jogo de jantar deve ser da década de 1940, avalio pelo formato canelado, em alta no Brasil por esta década, e o tipo de decoração.
    A fábrica em questão funcionou, até onde eu já consegui apurar, pelo menos de 1944 até 1958, mas talvez tenha começado a operar antes e parado depois.
    Eu já vi fotos antigas de crianças do sul do país brincando com jogos de chá miniatura, mas de jantar para mim este acima foi o primeiro.
    E pouco depois eu consegui comprar uma sopeira miniatura de outra fábrica do mesmo estado, que eu publiquei no dia 5 passado aqui no blog.
    abraços!
    Fábio

    ResponderExcluir
  3. Caro Fábio

    Por coincidência, a irmã de um amigo meu, que já é avó, mas que já não tem esperança de ter netas, ofereceu à minha filha uns restos de uns serviços de brincar. Há dois serviços de chá, um de porcelana e outro de faiança, que não estão marcados e depois uma peça absolutamente notável, um bule de chá da Vista Alegre, réplica com cerca de 11 cm de um modelo a sério, que aquela fábrica produziu abundantemente entre 1881 e 1921. O bule está marcado com carimbo precisamente desse período e achei melhorar retira-lo das mãos da minha pobre filha e guarda-lo no louceiro. Um dia destes mostro-o no blog.

    Abraços

    ResponderExcluir
  4. Olá Luis,
    Estou curioso para ver seu bule de brinquedo da Vista Alegre. Com os comentário da Maria Paula e os seus fiquei com vontade de procurar o livro em que vi fotos de crianças brincando com as louças de miniatura para colocar aqui.
    abraços!
    Fábio

    ResponderExcluir
  5. Lembrei-me que há uns poucos anos eu comprei para a filha de minha empregada um joguinho de chá de porcelana de brinquedo. Nos últimos anos voltaram a ser encontrados em lojas populares, fabricados na China.
    Eu sempre que posso boicoto os produtos Chineses, por serem fabricados em condições de quase escravidão, e com preços desleais, por conta da moeda falsamente desvalorizada, mas este eu não resisti.

    ResponderExcluir
  6. Olá Fábio,
    Comungo da sua atitude de evitar o mais possível comprar produtos chineses, também pelas razões q invoca.
    Quanto aos serviços em miniatura, só brinquei já com brinquedos de plástico ou de metal, mas a minha madrinha, mais velha só dez anos, recebeu da minha avó uma delicada chávena e pires de porcelana, sem marca, e há pouco tempo deu-ma, sabendo do meu gosto por estas coisas. Tenho mais umas peças soltas e agora q falamos disto, apetece-me um dia destes mostrá-las. A minha filha também não teve nada em loiça e além disso, não era muito de brincar às casinhas...
    Claro q os serviços de jantar são um mimo, muito requintados pela amostra q aqui nos deixa.
    Gostei muito.
    Abraços
    Maria Andrade

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...