Google Translator - choose your language

1 de abril de 2009

Exposição dedicada a Bordalo Pinheiro mostra peças raras e caricaturas em Sintra

Lisboa, 01 Abr (Lusa) - Cerca de uma centena de peças de cerâmica, algumas raras, e desenhos de caricaturas de Rafael Bordalo Pinheiro (1846-1905), da Colecção Berardo, estarão expostas a partir de 17 de Abril no Museu de Arte Moderna de Sintra.

Comissariada pelo historiador Rui Afonso Santos, a exposição "Rafael Bordalo Pinheiro - Da Caricatura à Cerâmica" está organizada em torno de um núcleo de 110 peças, entre elas algumas raridades de expressão naturalista e figurativa.



A Colecção Berardo possui um acervo significativo de cerâmica das Caldas da Rainha, que cobre desde o chamado "Período Arcaico" ao "Pós-Bordaliano", conjunto que é agora mostrado ao público numa altura em que a histórica fábrica das Caldas da Rainha atravessa dificuldades financeiras.

De acordo com o Sintra Museu de Arte Moderna - Colecção Berardo, a exposição visa, por um lado, "tornar-se um apelo à salvaguarda patrimonial", e, por outro, "permitir um olhar renovado sobre a própria condição artística e cultural portuguesa contemporâneas".



Organizada em parceria com o Museu Bordalo Pinheiro, em Lisboa, e a Fábrica de Faianças Artísticas Bordalo Pinheiro, nas Caldas da Rainha, a exposição apresenta o "génio artístico" de Rafael Bordalo Pinheiro, figura marcante da cultura portuguesa da segunda metade do século XIX.

Uma parte significativa das cerca de 110 peças de cerâmica é proveniente do espólio Emanuel Araújo, figura destacada da cultura contemporânea brasileira.



Outras peças presentes na exposição foram produzidas no final do século XIX e início do século XX por ceramistas das Caldas da Rainha como Manuel Cipriano Gomes, conhecido por "Mafra" (1830-1905).

Quando Rafael Bordalo Pinheiro se fixou nas Caldas da Rainha, em 1884, fundou com o seu irmão a Fábrica de Faiança das Caldas da Rainha, onde assumiu a direcção artística e chegou a fazer das Caldas da Rainha um centro de cerâmica reconhecido internacionalmente.

Artista empreendedor e multifacetado, Rafael Bordalo Pinheiro trilhou um percurso muito próprio, dedicando-se às artes gráficas, artes plásticas, ao desenho de objectos, decoração e à cerâmica, produzindo uma vasta obra que reflecte quase sempre de forma crítica o quotidiano cultural, político e social da época em que viveu.

No que diz respeito à obra gráfica, inovou com o desenho humorístico e o cartoon como expressão artística, retratando intelectuais, políticos e outras figuras típicas da sociedade da época.

Bordalo Pinheiro inspirou-se no próprio círculo de intelectuais e artistas que definiram a sua geração, nas personalidades dos diversos sectores de influência da sociedade oitocentista com quem privou, incluindo a própria Corte.

fonte: http://aeiou.expresso.pt/ceramica-exposicao-dedicada-a-bordalo-pinheiro-mostra-pecas-raras-e-caricaturas-em-sintra=f506575

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...