Google Translator - choose your language

21 de abril de 2009

Porcelana - Klick Educação


A porcelana é uma variedade de cerâmica dura, branca, de espessura fina e translúcida. pode ser vitrificada ou não. Sua matéria-prima básica é o caulim, também chamado de barro branco, com adição de sílex e feldspato. A porcelana se desenvolveu na China, nos séc. VI d.C. e VII d.C.; aperfeiçoando-se no séc. VIII d.C. O composto da cerâmica é chamado corpo ou pasta. A substância vítrea que reveste o objeto de porcelana chama-se vidrado. Quando o corpo passa por um processo de cozimento, mas não é vitrificado, chama-se biscuit (biscoito). Medalhões, bustos ou pequenas peças de escultura são sempre de biscuit. Louças e outros objetos costumam ser vidrados ou vitrificados. A porcelana chinesa é toda vitrificada.




A Fabricação da Porcelana.

Na fabricação da massa da porcelana, todos os materiais são finamente triturados (ou pulverizados), lavados e filtrados. Em seguida, são misturados em proporções adequadas. A argila resultante é trabalhada e amassada uniformemente. Essa pasta pode ser colocada num torno, enquanto o ceramista vai dando forma à peça. A massa úmida também pode ser colocada em moldes, nos quais, em seguida, despeja-se argila líquida. Nesse caso, o molde é removido somente depois que a argila estiver seca e suficientemente dura.


Porcelana originária de Meissen, fábrica fundada em 1710, na Alemanha.

Decoração da Porcelana.

O corpo da peça pode ser ornamentado por gravação, relevo ou perfuração. Os relevos são aplicados antes de a peça ser cozida ou vitrificada. A decoração pode ser feita com tintas ou com douração, ou mesmo com ambos os processos. Dois tipos de tinta são empregados: sob vidrado e esmalte. Aplica-se o primeiro antes da vitrificação do cozimento. Cores esmaltadas e douradas requerem novo cozimento para que se fundam com o vidrado e se mantenham.

Marcas de Porcelana.

As fábricas de porcelana européias tinham o costume de marcar a maior parte de sua louça com o objetivo de indicar a procedência. Era como uma assinatura. Mesmo assim, houve muita falsificação de porcelana, pois dificilmente se conseguiam duas assinaturas iguais.

Os dois L entrelaçados de Vincennes, por exemplo, apresentavam-se sempre diferentes mesmo nos produtos originais. As assinaturas de outras marcas famosas, como a cifra real de Sèvres, as espadas cruzadas de Dresden e a âncora de Chelsea, também nunca pareciam iguais.

Porcelana Chinesa e Japonesa.

A maioria da antiga porcelana chinesa foi fabricada em Kingtehchen. Às vezes, os produtos eram moldados lá e decorados em outros locais, como em Nanquim. Eram então exportados para o Ocidente. Todo o conhecimento japonês sobre a produção de porcelana teve origem na China. Sua fábrica mais famosa, a Arita, foi fundada em 1605. Produziu marcas famosas como Kahyemon e Imari.


Cântaro em porcelana decorada de Sèvres, França, do século XIX.


História.

A chamada porcelana verdadeira começou a ser fabricada em maior escala durante a dinastia Tang (618-907 d.C.). Mas um tipo de material semelhante a ela já era produzido na China durante a dinastia Tcheu (1027-256 a.C.).

O comércio com o Oriente e as Índias ajudou a difundir a beleza da porcelana na Europa. De 1600 em diante, navios das companhias inglesas, francesas e holandesas das Índias a colocaram ao alcance dos europeus.

Com a grande procura por porcelana, negociantes europeus tentaram reproduzi-la. Muitas tentativas foram feitas antes que o aprendiz de farmacêutico Johann Friedrich Böttger descobrisse o segredo dos chineses. Em 1709, a Europa começou a fabricar porcelana de pasta dura. A técnica para obter essa porcelana foi guardada a sete chaves pela fábrica de Meissen (Dresden), mas, com o tempo, outros artesãos aprenderam a alcançar os mesmos resultados de Böttger e a porcelana se popularizou.

Muitas fábricas tentavam obter a verdadeira porcelana e produziam peças extremamente parecidas com ela. São hoje conhecidas como porcelanas de pasta tenra, termo que as distingue dos produtos verdadeiros ou de pasta dura. Algumas fábricas famosas faziam apenas a porcelana de pasta tenra. Outras, mais tarde, tiveram sucesso na fabricação de porcelana de pasta dura. Esta foi produzida pela primeira vez nos EUA no início do séc. XIX.

fonte: http://www.klickeducacao.com.br/2006/enciclo/encicloverb/0,5977,PPR-11094,00.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...