Google Translator - choose your language

19 de janeiro de 2011

Investimentos trazem crescimento ao setor de porcelanas

fonte: http://www.paranashop.com.br/colunas/colunas_n.php?op=notas&id=31739
[12-01-2011]

O ano de 2010 foi de crescimento expressivo para o setor de porcelanas finas. Segundo o Sindilouça-PR, sindicato que representa o setor no estado do Paraná, os resultados foram animadores. “Tivemos um crescimento de 10% no setor como um todo, envolvendo as louças, pisos e revestimentos”, afirma José Canisso, presidente do sindicato.

“Analisando apenas as porcelanas, podemos afirmar com certeza que as empresas que mais cresceram foram as que investiram em tecnologia e inovação”, completa. Este foi o caso da Germer Porcelanas Finas, indústria situada em Campo Largo, cidade conhecida como a Capital da Louça. Segundo o Sindilouça, a Germer foi a empresa que mais cresceu no setor, um crescimento de mais de 15%. Durante todo o ano de 2010, a empresa investiu em novas tecnologias, equipamentos e pesquisas de tendências. A instalação de dois novos fornos para a queima das porcelanas permitiu o aumento da produção. A empresa possui hoje o maior e mais moderno forno de queima da América Latina. Uma nova máquina de verniz e uma prensa isostática completam os investimentos feitos em equipamentos.



A empresa tem mais de 30 anos de tradição no mercado e vem consolidando a marca como a melhor do segmento. A empresa é uma das mais tradicionais do setor e a única que investe constantemente em inovação e capacitação dos colaboradores. Segundo o diretor presidente, Antônio Jurandir Girardi, os investimentos revelam o interesse da empresa em oferecer aos clientes o que há de melhor e mais moderno no mercado, unindo modernização à tradição da empresa.

"Mesmo com a modernização da fábrica, que acelerou o processo de produção, alguns detalhes presentes nas peças ganham ainda mais beleza e delicadeza se feitos à mão, como dita a tradição. A fabricação da porcelana é, ao mesmo tempo, um trabalho modernizado e artesanal. A porcelana para ser legítima, tem que ser queimada a mais de 1350º".

Contratações

Os resultados dos investimentos já aparecem na produção. Com a chegada dos novos equipamentos, os pedidos aumentaram e intensificaram o ritmo de produção da fábrica, que atualmente conta com mais de 500 funcionários. Para dar conta da demanda, a empresa está contratando mais 100 funcionários, para início imediato.

A produção em 2010 passou de 1 milhão de peças/mês. Até fevereiro próximo, estaremos em 1,3 milhão peças/mês. Muito em breve estaremos em 1,5 milhão de peças/mês. Crescimento de, no mínimo, 30% em 2011.

O objetivo da Germer Porcelanas não é ser a maior do Brasil, mas ser a melhor porcelana do pais. A Germer tem seus produtos todos aprovados pelo Instituto Nacional de Metrologia, Normatização e Qualidade Industrial, o INMETRO.

De acordo com o presidente, a qualidade é decorrente da tradição da marca. “Trabalhamos com porcelanas finas há mais de 30 anos e conhecemos as necessidades do nosso público, que é cada dia mais exigente. Estamos sempre em busca de novidades, oferecendo produtos de qualidade, tradição e durabilidade, que são fatores decisivos para a compra dessas peças”, afirma Girardi.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...