Google Translator - choose your language

22 de dezembro de 2007

etiquetas


Outro "documento" que me interessa na pesquisa de louça nacional são as etiquetas de revendedores, que às vezes sobrevivem ao tempo, e permanecem coladas aos objetos, principalmente nas peças decorativas, que não são de uso diário como xícaras e pratos, e ficam quietas em seus cantos, sem ser lavadas depois de usadas.

Estas etiquetas são muito úteis no processo de datação das peças, e para tentarmos entender a qual mercado se destinavam, que tipo de lojas as vendia, entre vários outros aspectos.

Abaixo, alguns exemplos.



Porcellana Mauá




Cerâmica Mauá




Cerâmica Mauá




Cerâmica Mauá




Zappi



carimbo em ouro, muito comum em peças Weiss




Saler



Porcelanarte




Schmidt



Fábrica de Louças RR (Romeo Ranzini)

2 comentários:

  1. Realmente, Fábio, as tais etiquetas são muito curiosas! E os telefones das lojas, então? Que graça...

    ResponderExcluir
  2. Olá Jane!

    Eu curto muito os nomes destas lojas antigas...

    E como é engraçado saber que louça brasileira, mesmo a decorativa, era antigamente vendida em bazares de material de construção!! Em loja "fina", só a louça importada.

    Só as mais recentes, pós 1960, que encontramos etiquetas de lojas de presentes finos.

    bjos!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...